terça-feira, abril 08, 2008

Crianças Bilíngues

Nessa viagem ao Brasil, uma das perguntas que mais escutei foi em que língua eu estava falando com a Becca. E a resposta era sempre a mesma: em Português!

Me irritava um pouco quando alguém chegava e começava a falar em Inglês com ela. Entendo a boa vontade de quem fosse, mas tentava gentilmente pedir para que a pessoa falasse com ela em nossa língua...porquê no Brasil, falamos português!

Isso porque é muito difícil educá-la nas duas línguas. Para algumas famílias não, como algumas que mesmo morando num país estrangeiro, os dois pais falam uma lingua em comum. O que na verdade acontece na maioria dos casos aqui em que as crianças falam espanhol.

No meu caso é diferente…eu sou a única que não fala Inglês por perto. Fico pensando a cabecinha dela, achando que a mamãe deve ser uma ‘alien’. “Na escolinha todo mundo fala inglês, no supermercado também. Na televisão…tudo na lingua dos Estados Unidos, e até o Daddy só fala em Inglês…e a mamãe é a única que fala essa lingua diferente”.

Minha mente voa, viaja, eu sei. Mas tenho confiança que todo o sacrifício será valido no futuro. Ser bilíngue só lhe trará vantagens. Ela poderá conversar com os familiares e amiguinhos daqui e do Brasil. Mais a frente, oportunidades de trabalho serão muito maiores. Aprender uma terceira lingua então, será muito mais fácil. E ela não precisará passar pelo sufoco que eu passei em aprender uma lingua estrangeira depois de adulta.

Isso porque, “quando o adulto aprende uma segunda língua, constrói novas áreas no cérebro para armazenar as informações. No entanto, a criança que aprende línguas incorpora-as na mesma área do cérebro onde estão armazenadas as informações da primeira língua.”

Tem uma ‘pressãozinha’ de casa também. Toda vez que minha mãe me liga, diz: ‘você está falando em português com essa menina, né?! Porque senão será uma pena ela chegar aqui e não conseguir falar com ninguém!”

Pois é…

A Becca não fala muitas palavras ainda, como uma boa parte de crianças da idade dela (1 ano e 9 meses) já falam. As vezes penso que ela está guardando tudo em algum lugar na cabecinha, e de uma hora pra outra vai disparar a falar. Uma das razões por pensar assim foi quando no Brasil, depois de já estarmos à mais de 1 mês lá, do nada ela vê uma vaca e diz “cow”. Como assim Bial? Cow no Brasil? Foi quando ela, no tempo dela, soltou a palavra que já sabia…

Agora, a maior felicidade foi a primeira prova que ela está, de fato, assimiliando as duas línguas. “Mocinha”como ela é, amou brincar com os meus sapatos. Adora calçá-los e tenta andar com eles pra cima e pra baixo. E foi então que começou dizer babato (sapato) e shoes! Ora é um, ora é outro, mas sempre relacionado com o mesmo objeto. Mamãe está tão orgulhosa!

E daí continuou… cachorro pode ser au-au ou doggy. E nós sabemos que au-aus são tupiniquins! Porque na América, cachorro faz ruf-ruf, e não au-au, rs. E a última: comida gostosa é tanto yummy como icícia (delícia). Por enquanto são apenas estas 3, mas já o bastante pra me deixar pra lá de feliz.

Não sei como vai ser quando ela começar à ir na escolinha, já ouvi casos de que quando crescem um pouco mais, a mãe pergunta em português e a criança responde na lingua que aprende na escola. Não sei! Mas tenho confiança que, o que posso estou fazendo, e espero que o futuro confirme que valeu a pena!

Só sei que…haja força de vontade!

26 comentários:

Cheers! Fla disse...

Eh pra ficar felicissima sim e muito orgulhosa!!! Cyn, dah pra acreditar que postei quase que exatamente sobre isso no blog da Victoria? ha, ha... achei muito engracado essa "transmissao de pensamento"... ou... coincidencia :-)

Bjs!

Ellen disse...

Vai ser maravilhoso pra ela, só eu sei o quanto sofro com o inglês, e eu nem sabia dessa "construção" pela qual passamos no cérebro... Tem que ter muito orgulho!
bjo

Elaine Myers disse...

Cyn, em primeiro lugar queria dizer que mais uma vez amei poder conversar com voce pelo telefone. Sempre penso o quanto seria maravilhoso ter voce como vizinha... hehe. E obrigada pela paciencia comigo.
Bom com relacao a este assunto do post de hoje... eu queria mesmo te perguntar e esqueci, como q vc se comunicava com a Becca, se era em portugues ou ingles.
Eu nem filhos tenho mas jah estou pensando nisso. Quero que meus filhos tb sejam bilingues, e jah coloquei na cabeca q falarei com eles em portugues e deixar o ingles na responsabilidade do pai e da escola.
Sei q sera dificil, e jah ouvi tb casos de as criancas entenderem o portugues mas responderem apenas em ingles, mas nao eh regra. Conheci uma brasileira aqui com uma filha nascida aqui, jah esta no High School, e ela fez isso desde q a menina nasceu, conversou com ela em portugues, e o pai dela em ingles. E quando as conheci perdidas no Mall aqui em Tucson, eu vi q a menina falava portugues perfeito, como se tivesse nascido e se criado no Brasil.
Entao o esforco vale a pena sim.
Parabens p voce e p a Becca. Beijos

Kinha disse...

Cyn,

Vc está super certa. Vai ser ótimo p Becca aprender português, por vários motivos. Ela vai te agradecer quando tiver mais idade e conhecimento.
Eu tenho uma amiga que, como vc, é casada com um americano e tem uma filha. Ela sempre falou com a menina em Português. Na época em que eu convivia com eles a menina tinha 3 anos e falava com o pai em ingles e com a mãe e outros brasileiros em português. Eu achava incrível o fato dela falar inglês e português numa mesma "roda" de brasileiros e amerianos como se fosse a coisa mais normal e fácil do mundo, p uma garotinha de 3 anos. Claro que em alguns casos ela se atrapalhava, eu me lembro de uma vez que ela me disse " Meu vô vai BRINGAR um presente p mim!" ahaha E isso é super normal. Inclusive essa minha amiga me conta que a filha dela comecou a falar bem mais tarde do que as outras crianças, justamente por estar aprendendo duas línguas.
Então tenha força de vontade, pq vai valer muito a pena.
bjo

Ana Paula Soldi disse...

Dá trabalho, mais é o caminho certo.
Eu estou na mesma, mais o pimpolho só soltou um "asô" que seria "acho", quando eu pergunto cadê o bebê da mamae.
beijos

Fenrisar disse...

See Please Here

Gisele disse...

Cy eu acho muito importânte isso que vc está fazendo. Com certeza ela aprenderá o inglês pq é a lingua nativa dela, ela mora no páis estuda e faz tudo onde todos falam em inglês e está aí a importância de vc falar e muito com ela em português pq é com vc que ela vai aprender. Ela tem metade dela brasileira e é importânte ela se sentir assim desde pequenininha. Pois os parentes maternos são todos brasileiros. Eu no seu lugar faria exatamente igual. A cabecinha dela pode estar confusa sim, mas criança tem uma pacacidade de aprendizado incrível e com certeza ela será bilingue facilmente. E o fato talvez de ela ainda não estar falando é pq ainda não consegue conciliar ou construir frases já que está aprendendo 2 linguas ao mesmo tempo!

Bjs

Lia disse...

Oi Cyn,
Eu sou brasileira/japonesa e na minha familia meus tios avos, soh falavam em japones com os filhos. Normalmente eles demoram um pouco mais para falar do que as criancas q soh estah apredendo em uma lingua, mas qdo eles comecam a falar eles jah sabem as duas!!!Criancas sao muito espertas...vc vai ver ...o vocabulario da Becca vai crescer rapidinho nas duas linguas. Eu acredito q falar com ela em portugues eh um dos melhores "presentes" q vc pode dar a sua filhota.

djalma disse...

Olá !! passei para dar um recado : entregamos produtos diretamente do Brasil para sua casa acesse: www.sondaexport.com e boas compras mate a saudade dos produtos Brasileiros

abração a todos divulguem aos amigos

Djalma Santesso
551131790065

Sonho Meu disse...

Mantenha-se falando portugues com ela e exiga que ela te responda em portugues. Quando o pai fala ingles com ela exiga que ela responda em ingles. Daí ela vai fazer a distinçao. Funcionou com meus filhos e hj eles sao bilingues e "trilingues". Um idioma ou dois a mais abre grandes possibilidades pra quando essas fofuras crescem.
bjos,
me

Patricia disse...

Cyn!!
Morar em Quebec nem brinca!! haha
Sobre crianças bilingues.. a familia pra quem sou nanny fala em italiano e frances com as criancas.. quando sao pequenos respondem na lingua q o pai(frances), mae(italiano) falam, mas a de 5 anos responde agora em ingles.. entende as outras duas, tem muitas palavras no vocabulario de outra lingua inclusive espanhol por causa da "Dora"heheh mania aqui em casa.. eles ainda pegam portugues de quando eu falo ao tel.. meu menino q agora tem 3 anos pegava o telefone quando era menor e dizia : oi tudo bem, tchau! hehehe...
Fale em portugues com ela sim! Ela vai aprender e vai te agradecer.. meus parentes no brasil nao falam ingles.. meus filhos um dia tb vao ter que falar portugues!! hehehe
fala pro povo mandar gibi da monica, filmes, os novos filmes da xuxa sao legais.. e dalhe a cantar em portugues.. aqui no Canada casas em que soh o ingles eh falado sao a minoria( tipo 1 em 5) todos aqui falam outra lingua tb.. nem que seja o frances..
e tb tem a associacao de brasileiros q oferece aulas de portugues pra adultos, criancas e aulas de futebol em portugues! =)

Lucia Cintra Stevenson disse...

Eu tb faria a mesma coisa se tivesse filhos. Apesar de meu marido ser americano e so falarmos ingles em casa, ia fazer questao de que meus filhinhos aprendessem minha lingua e mais umas outras talvez mais tarde.

Voce deve mesmo se orgulhar dessa menininha linda que mesmo ainda sendo um "peanut",ja e' bilingue. bjos

like Bridget Jones... disse...

oie !!
Vc vai ver, ela vai falar as duas línguas sim!!!
Criancas aprendem muito mais e muito mais rápido que a gente imagina!
Na escolinha, pode ser que vc pergunte em português, e ela vá responder em inglês.. daí vc diz que vc nao está entendendo ... e ela vai se esforcar e vai falar com vc em português...
E assim, a língua portuguesa nunca fica esquecida ;-)

Recomendaram isso no kindergarten onde minha amiga colocou a filha dela e até o momento está dando certo.

E tudo acontece naturalmente!
8-)

Bom, fico por aqui, e já vou ti desejando um BOMMMMMM final de semana!!!

beijussssss


¤*

¤*

( `·.¤
`·.¸ )
¤ .·)´
(.·´
`¤.¤ ´¨)
¤ .·´¸.· ¤´¨) ¸.·¤¨¨¨)
(¸.·´ (¸.·` ¤` ÂnGeL ´´´´^^ ¤
+ . * . * . + _/\\\\_. * . * .. + . * . * . *
* . * . + . * ),"( . * . + * . +. + . * . + . * . * . + . * . * . * .
* . _/\\\\_ * + . .*.*.*.* .
. * ),"( +*¤



e

Amara Ribeiro disse...

Nossa, que legal!!! Vc faz super bem em ensiná-la nossa língua. É muito importante hj em dia a comunicação com o mundo e será especialmente para ela com uma outra parte da família aqui...
Qto à idade dela e às palavras, acho que é isso mesmo. Lembro-me que a Duda tb começou a falar um pouco mais tarde mas depois que começou, não parou mais...
Ah, ela está cada vez mais linda! Parabéns!!!
E o seu pai? Como está? Espero que ele esteja melhor!!!
Bjos

vivicreo disse...

aii imagino o tanto de car feia q nao deve ter da sogra ou tal ne? ou nao? eu vou falar ocm a minha pimpolha em port desde o dia 1..alias..ja falo com ela aqui na panca em portugues! haha

como eh quando ta bricando, vc , pai e beca juntos? tipo..joga a bola pro papai..(ou vovo, sei la) e a 3 pessoa nao entende o q ta sendo feito????

como fica isso? eh bom ter amiguinhos brasucas tb ne?? aiiii q medo q ta me dando....
hehe

to escrvendo rapidao mesmo..daqui a 2 semanas..(ou antes..tomara) minha fiota nasce.. bjuuu

Laura disse...

Eu tenho muitas dificuldades com Paulzinho em relacao a isso. Eu sou a unica falando portugues la em casa, e o menino escuta ingles o dia todo. O outro problema tambem eh que como eu ja estou aqui a 13 anos, ingles ja se tornou a minha lingua. Eu falo e penso em ingles comigo mesma. Entao existe toda aquela questao da disciplina.
Ele sabe algumas palavras, mas ele nao fala. Ele so entende.
Eu tenho uma amiga cujo marido fala portugues fluentemente, e os dois falam em portugues com a filha o tempo todo. Mas eu ja notei, que a menina entende, mas tem preguica de falar, e ainda responde em ingles. Eu ja relaxei com relacao a isso. Nao vou forcar. A medida que Paulzinho for crescendo, eu vou explicando pra ele a necessidade de aprender.
Feliz Aniversario pra voce!

Laura disse...

AH, outra coisa que eu nao gosto eh a pressao dos amigos e da familia. Eh so o que eu escuto "por que esse menino ainda nao sabe falar Portugues?". No comeco eu me aflingia. Agora eu mando todo mundo tomar conta do proprio umbigo. Criticas eu nao aceito. Afinal o filho eh meu. E quem quiser vir na minha casa ensinar portugues pra ele, feel free. Porque na teoria, todo mundo eh entendido. Na pratica, sao outros quinhentos.

Ellie disse...

Oi Cyn,

Eu tambem quero que meus filhos sejam bilingues, mas nao sei se vai dar muito certo.

Quanto a sua pergunta, eu moro pertinho de Salt Lake City. Beijinhos

Pryscilla disse...

Parabens flor, felicidades minha querida amiga, queria que tivesse mais perto pra te dar um abracao, e comemorar. bjao

Fabiane Ferraz disse...

Eu nao falo em portugues com meu filho nao. Pelo contrario, tento ensinar minha familia no Brasil a falar ingles com ele quando estamos la.
A minha parte brasileira ja ficou na historia e nao pretendo morar no Brasil novamente.
Muita gente me critica, parece que estou fazendo um "mal" pro meu filho nao falando portugues com ele. Na verdade, eu ja me sinto completamente estranha falando portugues tambem, entao nao vejo o porque de ensinar pra ele agora, se ele quiser vai aprender mais tarde.
Meu marido fala portugues e meus in-laws estao todos aprendendo porque querem, sem pressao.
Seria muito bom, ate acredito, mas nao e pra mim.
Muito interessante teu blog.
Bjus

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Acho que o esfor�o � muit�ssimo v�lido. Quem me dera ter aprendido as duas l�nguas dentro de casa! Vai com f� que vai a recompensa vai ser �tima!

Beijocas e �tima semana

Monica disse...

Cyn

Em casa falamos portugues com a Luna, e na escolinha ela aprende em inglês. Mas como vc disse, tendo o marido brasileiro fica muito mais fácil. E é assim mesmo, ela sabe que sapato tanto é (pápa) ou shoes. Qualquer um que vc fale, ela mostra o sapato. Quando eu falo: filha dá bye bye pro papai, ela ora fala bye, ou fala tchau. Boa noite pode ser niti (boa noite) ou naiti (good night). Com certeza a becca ja tem um monte de palavrinhas ai na cabeça dela armazenada, jajá quando ela se sentir segura vai disparar tudo.

Tb me irrita quando falam ingles com ela no Brasil. Nao pq quero que ela aprenda o portugues, mas porque nao tem motivo para falar inglês. Agora o MAIS lindo foi ela chegar em casa falando "Dora" que eu NUNCA ensinei, portanto ela não me ouviu falar. E como aprendeu na escola, o sotaque dela nessa palavra é TOTALMENTE americano, enroladinho. Coisa mais linda. É só orgulho né?

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Usei uma imagem sua lá no blog, depois olha lá. Apareça!!!

beijoças mil!!!

Kazilar disse...

See Please Here

rita disse...

Oi Cyn, com certeza eh beneficial para as criancas serem bi linguies, tri lingui e tal,respeito bastante isso, e quem so fala em portugues aki nos EUA com os filhos.
Mas comigo nao da certo, tipo eu mesma ja me embaralho no meu portugues as vezes, nao tenho convicencia nenhuma com o portugues mais, a nao ser teclando com a familia hehe ou escrevendo no blogs, eu misturo muito com o Caio, falo mais em ingles,ai quando ele aprendeu em ingles a palavra, ensino a mesma em portugues, ele entende mas nao fala em portugues ainda.Well quando minha tia veio pra cah, ele falava tia tete hehehe
Mas por enquanto so sai um Hey, Hi, Wait, Ok, Nana, mama,nenem....
Mas se deus quiser logo ele aprende mais.....

Flavia Bina Augusto disse...

Oi Cynthia!
Que saudades de vc e da Becca.
Eu gostaria de acrescentar outras duas palavras que ouvimos aqui em casa: o inesquecível rrrmãe e vovó.

bjs.

Flavia