sexta-feira, dezembro 05, 2008

Vergonha do Brasil

Campaign to return kidnapped minor Sean Goldman to the United States - BringSeanHome.org

Sei que esse caso ja foi comentado em alguns outros blogs, mas cada vez que entro no site acima
para saber o andamento do caso, eu sinceramente, fico perplexa com as autoridades brasileiras... o cumulo do cumulo, do cumulo.

A história?! Pra quem não sabe....

Bruna (brasileira) e David (americano) conheceram-se na Italia, e pra encurtar a historia, namoraram, conheceram os pais de ambos os lados, casaram-se, tiveram um filho - Sean - e viveram o que parecia ser casamento feliz em New Jersey, USA.

Bruna decidiu que iria passar ferias no Brasil com filho de 4 anos - muito comum, como eu faço tambem. Foi para o Brasil e nao voltou. Vinte um dias depois entrou com um pedido de guarda e posse do Sean e por la ficou. Depois, divorciou-se unilateralmente de David - somente perante as leis brasileiras, sem a presenca do marido...o que ja eh um absurdo - e no Brasil continuou. O que é isso? Podem dar quantos nomes quiserem, isto é sequestro. Nos 4 anos seguintes David tem feito de tudo para pelo menos visitar o filho...em vão. Por que a lei brasileira diz que o filhos tem que ficar com a mãe, fim de papo. Justo até certo ponto, mas e a visitação? As autoridades brasilerias não cooperam de forma alguma com as americanas. Parece até birra.

Eu sou mãe...e não imagino nem em sonho nao ter a possibilidade de ver minha filha. E se eu e meu marido tivessemos nossas diferencas, nao cabe a mim tirar o direito dele de visitar a propria filha. Filhos são tanto da mãe como do pai, e prevenir a convivência só se fosse por abuso, violencia. Fazer o contrario é coisa de gente de muito baixo calão.

Mas, o que a mocinha fez? Casou com o advogado que estava cuidando de seu caso. Um advogado que cuida da nata brasileira, no Rio de Janeiro. Como um bem feito vem bem ao caso aqui, a infeliz morreu pouco tempo atras, durante o parto de sua filha com o advogado - uma cafajeste a menos na Terra.

Aí o que acontece? O pai biológico então 'pensa' que agora, sendo o único vivo, teria o seu filho de volta...mas não. Nao sei em que planeta vivemos, ou... nao sei em que planeta o Brasil esta, que bando de imbecis sao alguns Juizes que decretam que por enquanto, quem fica com o menino eh o homem que casou com a mãe do menino, que não é pai p....nenhuma. Fala se tem cabimento???

Quando um bendito juiz finalmente decidi dar um (1!) dia de visitacao para David, o que o outro viúvo da sequestradora faz? Some...vai pra Buzios, com a crianca. E ainda entra com mil processos contra David, de difamacao e outras mais. Fala se nao é um salafrario?!

E até agora nada. Nada do governo brasileiro tomar vergonha na cara e resolver isso. Muito pelo contrario... é para o advogadozinho fino da classe alta que eles dão corda, m-u-i-t-a corda. E isso porque o Brasil faz parte da Convenção sobre os Aspectos Civis do Seqüestro Internacional de Crianças...mas como sempre, aí tudo acaba em pizza.

Não vou generalizar, porque não é o povo em geral, mas as leis, o governo, a falta de vergonha e bom senso que me deixam doida, tenha a santa paciência. Fala se não dá vergonha de ser brasileira numa hora dessas?! Das autoridades, dá nojo, isso sim.

Campaign to return kidnapped minor Sean Goldman to the United States - BringSeanHome.org

Versão em português disponível no site.

15 comentários:

Ana Paula Soldi disse...

NOSSA NAO SABIA NADA DESSE CASO, QUE HORROR!!!!!!!
NOTA 0 PARA A JUSTIÇA BRASILEIRA.
MUITA PENA DO PAI E DO FILHO.

BEIJOSSS

Nani disse...

Nossa Cyn, me da agonia toda vez que vejo que nada foi feito ainda. Nao consigo entender tb porq as autoridades Americanas tambem nao fazem nada??? Gente, o menino nasceu aqui, eh filho de pai americano, eles deveriam dar um "aperto" nas autoridades brasileiras. Isso eh errado, o advogado nem pai do menino eh, se ela estivesse viva, eu ateh entenderia que houvesse uma briga pela guarda, mas a mae nao ta mais viva, o pai biologico (que teve o filho sequestrado pela mae) eh que tem o direito da guarda do filho em que mundo vivemos???
Sinceramente, me da nojo da lei e das autoridades brasileiras.
Deus me livre.

Isabella disse...

Oi Cynthia,

passei aqui pra lhe desejar um FELIZ NATAL e um LINDO 2009! Vou ficar fora por quase 3 meses mas blogando sempre que possível : )

beijo grande

camila disse...

Nem me fala, eu ja chorei muito, mas agora to na fase da raiva. O importante agora e que a gente ajude a divulgar o caso ne, ja que a imprensa brasileira esta proibida de tocar no assunto...

Marilena disse...

Depois de ler o post fui pesquisar e estou inconformada. A imprensa quase não divulga nada a respeito. É triste dizer isso mas nestas horas eu sinto muita vergonha de ser brasileira.
Espero que a familia da Bruna consiga entender agora o que o pai do garoto está passando. É inaceitável uma situação como esta. O engraçado é que há pouco tempo atrás um libanes sequestrou um filho de brasileira e todo mundo ficou revoltado com as leis do Líbano. Parece que o Libano é aqui agora.

Marilena

Ellie disse...

Concordo, eh um absurdo!!!

Jana disse...

Sem querer defender esse juiz no Brasil, mas o caso eh tao absurdo que me faz pensar em outras possibilidades. Sera que o pai americano, David, nao era um pai e marido violento e por issa a mulher dele, Bruna, nao foi para o Brasil para fugir dele e dos maus tratos? Nao que eu concorde com o que ela fez, ela poderia ter se divorciado dele e procurado uma forma dentro da lei para fazer isso. Ja vi tantos casos assim que fico pensando se esse nao poderia ser mais um desses.

Bia disse...

Oi Cyn! Escrevi há umas semanas atrás sobre isso com a mesma indignação! Morro de pena desse David e sinto o mesmo odio por essas pessoas. Dá até vergonha de assistir uma coisa assim no Brasil e não poder fazer nada!

bjos

Laura disse...

Ja conhecia a estoria, realmente um absurdo sem tamanho. Acho que todo mundo deveria divulgar, ne? pra ver se ajuda ele.

Lucia Cintra Stevenson disse...

Essa historia poderia se mais divulgada por aqui, pois eu nunca tinha ouvido falar nesse caso ate umas pessoas mencionarem no blog delas. E olha que escuto a radio da CNN todo dia, alem de visitar o web site. Nao tem nada la a respeito. Bjos

Anônimo disse...

Ola,
Passei aqui pra te dar um oi e desejar Feliz Natal! ;-)

Acabei de ler sobre o Sean... meu
Q absurdo! Estou tao indignada qdo vc, da sim muita vergonha das autoridades/leis brasileiras... E vergonha de ser brasileira tbem! Eu acabei de voltar do Brasil e tive q lidar com muuuita burocracia idiota e com gente estupida no banco do Brasil onde tenho conta... aff... o Brasil precisa ser recomecado, a mentalidade do povo de la q nunca saiu de la, eh deprimente!!!

Bjus
Boas Festas
Meire

Cheers! Fla disse...

Cyn, td bem?

Nao tenho seu endereco novo, mas estou passando aqui para te desejar um otimo natal, sei que esse ano foi dificil para vc e sua familia e soh o tempo vai ajudar voce a superar a dor, mas que 2009 seja um ano de muita coisa boa para vc e sua familia!

bjs

runescape gold disse...

can u leave ur phone number to me???

Anônimo disse...

Nossa que história. E qual a sua relação com essa criança ou a família dela?
Também moro em Utah. Cheguei recentemente. Abraços.

Anônimo disse...

Aqui no Brasil, na Globo, a família da mãe do Sean, foi entrevistada. Os avós maternos do menino, disseram que o motivo da filha deles ter voltado para o Brasil, é pq ela sofreu violencia do marido, e além disso logo q o marido descobriu onde ela estava, em nenhum momento destes 9 ou 10 anos em q o menino esteve no Brasil,ele(pai biológico) procurou telefonar ou mandar presentes ou ainda mesmo visitá-lo