sexta-feira, março 20, 2009

Sentenca

Outra criança

No dia 19 de março de 2007, o juiz Wilney Magno de Azevedo Silva, da 16ª Vara Federal do Rio, deu a sentença do processo 2005.51.01.009792-9, determinando que fosse devolvida ao pai uma criança nascida no Canadá, e trazida para o Brasil pela mãe. Aceitou a argumentação dos advogados, que citaram, por 14 vezes, a Convenção de Haia. Um deles é João Paulo Lins e Silva, padrasto do menino Sean Goldman.

fonte: http://oglobo.globo.com/rio/ancelmo/post.asp?t=outra-crianca&cod_Post=170319&a=98

Preciso dizer mais alguma coisa?

2 comentários:

Bia disse...

Esse cara é uma vergonha como advogado e como ser humano!

Lucianna disse...

So tenho uma palavra para defino-lo: HIPOCRITA!