domingo, dezembro 03, 2006

Pergunta: Você comemora o Natal? Porquê?

10 comentários:

Pry disse...

Eh ate engracada essa pergunta depois que conversamos..
Eu comemoro, pois acredito e tambem por ter sido crescida no meio das comemoracoes todos so anos.
O que nao gosto eh o fato aqui na America de ser como marketing para as compras. E a criancada ganharem cada um uns 10 presentes..isso eu acho disperdicio.

ana paula disse...

Eu comemoro e amo esta epoca de natal!!!!!!
Cyn beijos e tudo de bom pra voce e sua familia

Aline Godoy disse...

Por que?
Porque é a celebraçao do nascimento de Alguém Pai Maior q veio à Terra trazer grandes ensinamentos e q perduram há milênios e q deverao continuar por td a eternidade.
Materialmente falando: além de ser uma época,em q, no Brasil se acerca do "final" de quase tudo, ano letivo, ano cansativo, 13o, férias, verao, sol e praia... tb significa reuniao familiar, promesas p/ um ano melhor, lembrança daqueles q pouco têm e tanto podemos ajudar, e dos amigos q estao longe e comemoram essa data cada umc/ sua crença e peculiaridades....

Beijos...

Claudia disse...

Oi Cyn,
eu amo Natal. As festas e reunir a familia principalmente. Presentes também são tudibom né?

Ah.. vc esqueceu a mamadeira da Rebecca na Denise e está comigo. Espero que vc tenha gostado dos presentes.

Camila disse...

Pra mim e a melhor epoca do ano. Eu comemoro Natal sim, mas pra mim nao tem um significado religioso. Acabou sendo um dia em que a familia toda se junta e celebra o amor. Aqui nos EUA eu nao gosto do Natal. Me deprime. Na casa dos meus sogros, Natal e sinonimo de muitos presentes, mas ninguem se abraca. Nao tem aquela celebracao da familia. Eu sinto falta disso. Eu e o Mor estamos tentando comecar a nossa tradicao com a Filhotinha. Se eu pudesse, ia todo ano passar o Natal no Brasil...

Renata Alves disse...

Eu comemoro, mas na minha casa sempre significou mais um momento de reunir toda a família, confraternizar, trocar presentes, conversar, rir muito e falar dos planos para o ano seguinte. Nunca teve um sentido religioso... Eu amo o clima, mas destesto o caos de gente nas ruas, compras, embrulhos, etc.

Lucianna disse...

Oi Cyn,

Td bem?
Ja ha dois anos que nao comemoro mais.
Por que?
Porque me comverti ao Isla, e como mulcumana acredito na existencia de Jesus Cristo, na importancia de sua existencia e ainda acreditamos que ele voltara, mas nao sabemos a data exata do seu nascimento, ja que isso nao eh estipulado em nenhum dos Livros, tendo sido mais uma data criada pela religiao para celebrar (o que para mim eh muito bom), mas que infelizmente hoje em dia eh mais uma data comercial.
Entao esse eh o meu motivo.
Desejo um otimo Natal para aqueles que comemoram.

Bjs

Karen disse...

Oi Cynthia!
Já faz um tempinho que leio seu blog, mas esse é meu primeiro comentário.
Achei engraçado sobre o post anterior, sobre o email que vc recebeu. Eu conheci (só online tb) um pouco a Carol por causa de um site sobre vistos de noiva. E lendo o seu post quando eu cheguei no nome dela nem acreditei - mundo pequeno...
Aproveitando... eu comemoro o Natal sim, acho uma época super gostosa e reunir a família é muito bom!
Parabéns pela filhota linda!
Bjos

Tutuca disse...

Faz um tempinho que leio o seu blog e cheguei aqui atraves do blog da Claudia Beatriz. Eu comemoro o Natal sim e adoro o lado religioso tambem. Adoro montar a arvore de Natal, decorar a casa, e montar um presepio. Minha tradicao familiar eh sempre ler a estoria do nascimento de Jesus depois do jantar de Natal.
Adoro musicas de Natal e so tenho ouvido isso ultimamente. Tambem adoro assistir os filminhos de Natal comendo pipoca, tomando chocolate quente enquanto neva e faz um frio terrivel la fora.

Amo essa epoca do Ano. "It's the most wonderful time of year"...

Feliz Natal pra voce e sua familia!

Maffalda disse...

Eu comemoro às vezes. Ou seja: comemorei com os meus pais até uns 7 anos atrás - eles fazem um jantar gostoso, dão uns dois presentes pra cada pessoa (um deles é sempre alguma coisa que a gente estava precisando mesmo) e rezam um pouquinho. Depois fiz minhas próprias festas, fui a festas alheias, até que ano passado eu achei que não estava no clima de celebrar as tradições de outras pessoas, outras famílias, entrar na "corrida dos presentes" e na "corrida da ceia" e fui comer comida chinesa com o meu namorado judeu e depois assistir a um filme. Este ano, se eu for convidada, vou à casa do meu chefe e da esposa que são uns amores, senão repito a dose do ano passado.