quarta-feira, dezembro 19, 2007

O motivo da indignação...

Quem me conhece, ou pelo menos lê o meu blog por um tempinho, sabe que uma das coisas que eu mais falo é que não gosto de generalizar. Nunca! E não é agora que vou começar.

Há casos e casos. E é aí que entra o seu bom-senso. Quando disse que parte do dinheiro que pagamos em taxas vai pra quem mora aqui ilegal e fica tendo filho sem seguro médico, disse porque é verdade.

É lógico que existem pessoas que estão tendo uma gravidez totalmente inesperada, e eu de forma alguma as julgo. E isso serve tanto pra quem mora aqui legalmente ou ilegalmente. Eu sei que há casos em que a família está passando por dificuldades, e de forma alguma espero que estas pessoas sofram. Eu jamais esperaría o mal de alguma pessoa, seja ela quem for.

Mas julgo a pessoa que é ilegal e fica gravida intencionalmente pra ter o filho nos EUA, porque mesmo que exista uma lei na Constituição dizendo que filho de pais ilegais não tem direito à cidadania, o que acontece hoje é exatamente o contrário. Hoje em dia, a criança nascida aqui é considerada cidadã e aí toda a família vêm junto. E além de fazer isso, ainda faz à custa dos outros.

Veja bem…eu não sou Americana (nunca quis ser - vou ser para, por exemplo, permitir que meu irmão venha me visitar), e não deveria estar nem aí pra quem entra aqui ou não. Legalmente ou ilegalmente. Mas quando isso deixa de ser justo, aí sim, eu me incomodo. Por que no fim, não é justo pra quem paga milhares de dólares em taxas, suportar quem não está nem aí pra pagar taxas também. E pra quem não sabe, a quantidade de taxas que qualquer um paga, é de acordo com o que se ganha. Quem ganha pouco, a porcentangem é menor, quem ganha mais, é maior. E por isso não é justo ninguém viver aqui sem pagar nada. Esse país já oferece opportunities demais pra todo mundo…e tomar vantagem disso já é abuso demais.

Se vamos ser justos, vamos ser justos. Tem imigrante ilegal que paga taxas, mas a maioria não paga. E em grande parte, o motivo não é porque estão em dificuldades, mas porque não estão nem aí mesmo! Se você for notar - por exemplo muitos dos brasileiros - a maioria que veio pra cá não foi porque estavam sofrendo no Brasil, ou porque estavam levando essa vida miserável que alguns disseram. Vieram pra ganhar (mais) dinheiro que poderíam ganhar no Brasil.

Aí dizem que não têm instrução nem nada, mas são malandros o sufficiente pra falsificar passaporte, pra arrumar gente que os levarão pela fronteira do México, e aí sim…pra isso eles acham dinheiro pra pagar esse pessoal. Pensar em estudar, em escola pública como eu estudei a vida inteira, e vir de forma legal como num programa de au pair que custa só mil dólares, aí não dá né.

Aí… esse mesmo pessoal, trabalha aqui, não paga 1 centavo em taxas pro groverno, estão juntando milhares de dólares e construindo casarão no país deles, ficam doentes, e vão usar o Medicare de graça, com o dinheiro que nós pagamos, e você acha que eu concordo com isso? Porque não tiram o dinheiro da grana que estão juntando e pagam um médico? Ahhh, porque aí não dá né.

Ou...não dão uma ajudinha pro governo, mas tem garantido que os filhos estudem em escolas publicas. As crianças, coitadas, não tem nada a ver com isso... mas, será que tem justificativa o que os pais fazem? À custo dos outros?

No ano passado minha família pagou mais de US$20 mil dólares só em taxas. Assim, descontado direto do pay check. Sabe o que eu podia comprar no Brasil com esse dinheiro? Mas não…a gente faz o certo. Do que sobrou ainda pagamos seguro médico. Sabe porque mudamos pra Idaho? Porque o que estávamos ganhando não era o sufficiente pra pagar as nossas contas. Venha aqui me perguntar o que é passar dificuldade!

Aqui no novo Estado, a empresa que o Brandon trabalha é de porte bem menor do que a empresa interior. O que significa que o seguro médico não é tão bom assim. Mesmo assim, ainda pago, só da minha parte, $300.00 por mês em seguro médico. E isso só cobre 80% da conta. Mês passado tive uma miscarriage, fui pro hospital ver o que estava acontecendo, e só fizeram 1 exame de sangue e 1 ultrassom. Mesmo assim, a conta foi quase $2000, e disso, eu tenho que pagar $300. Eu não tenho dinheiro sobrando, mas…pagamos taxas, pagamos seguro, e ainda vamos ter que nos virar pra pagar essa conta. Esse é só 1 exemplo do que acontece no nosso dia-a-dia.

Eu sei bem que o dinheiro que pagamos vão pra centenas de áreas, e que o governo usa isso em coisas que eu também não concordo, como a Guerra. Mas são coisas que eu não posso mudar.

Eu não tenho problema com o imigrante ilegal em si. Quando os mencionei, foi no quesito o ilegal folgado, que não está aqui porque está passando tanta dificuldade assim. É aquele que só quer receber, e não quer saber de dar. É aquele imigrante que quer tomar vantagem, mesmo vivendo num país que oferece mil e uma oportunidades de crescimento. Que quer o melhor pra sí à custa dos outros. Pra esse tipo de gente, eu não tenho um pinguinho de dó. E eu não posso fazer nada nesse sentido à não ser me indignar. Por que é por causa desses imigrantes, que pessoas boas como meu irmão, que querem vir pra cá sem nenhum outro motivo à não ser me visitar, se danam. Por que ao entender do pessoal lá na embaixada, são todos farinha do mesmo saco.

É por isso que eu digo: Pra bom entendedor, meia palavra basta.

32 comentários:

Laura disse...

Mandou bem, Cyn, assino embaixo. Eu e o meu marido estamos no mesmo barco que voce e Brandon.

rita disse...

Oi Cyn, concordo plenamente com vc no post anterior e nesse. O que pagamos de taxa eh muito dinheiro e saber onde esse dinheiro vai eh triste.
Eu totalmente entendi seu outro post, nao acho que foi preconceituosa de maneira nenhuma, falou a verdade, dolorida ou nao eh a verdade!!!
Apoiada 100% !!!
Beijuss

Anônimo disse...

Saudades do Brasil!!

Olá amigos do Brasil !!

Informamos a todos que acaba de ser inaugurado o primeiro hipermercado virtual de exportação de produtos alimentícios brasileiros.

Nossas operações já iniciaram para:

Estados Unidos - Canadá - Europa - México - Japão - Nova Zelândia - Coréia do Sul - Cingapura – Austrália

Visite nosso site: www.sondaexport.com

Anônimo disse...

Saudades do Brasil!!

Olá amigos do Brasil !!

Informamos a todos que acaba de ser inaugurado o primeiro hipermercado virtual de exportação de produtos alimentícios brasileiros.

Nossas operações já iniciaram para:

Estados Unidos - Canadá - Europa - México - Japão - Nova Zelândia - Coréia do Sul - Cingapura – Austrália

Visite nosso site: www.sondaexport.com

Sonho Meu disse...

Impostos levam todo nosso salario. Aqui tambem é o mesmo. Assim com saude. Mas enquanto conseguirmos manter o barco navegando e o pais no rumo certo...tô feliz. Pelo menos é pra uma causa justa.
Agora, uma coisa que nao concordo, são os impostos servirem pra financiar guerras. Aí eu sou totalmente contra.
bjos,
me

Aline Godoy disse...

Pois é amiga!
Entendo sua indgnaçao e compartilho com vc a minha indignaçao e da minha familia. Minha irma embracou ontem p/ Espanha onde ela ficaria 10 dias na casa de uma amiga nossa ESAPNHOLA, de lá seguiria p o Reino Unido p/ estudar atraves de uma empresa de intercambio por um mês na casa de uma familia. Pois bem, td estava certo, dentro dos conformes e esta manha, ao passar pela imigraçao em Madrid, minha irma foi barrada e agora está "presa" numa salinha junto com tantos outros turistas.
Eles passaram mais de 4 horas sem poder nem beber agua, nao foi dada a ela a chance de provar os documentos e comprovantes. Tudo o q nos resta agora, é esperar p ver se eles vao cumprir c o q disseram à ela: q fariam uma nova entrevista amanha de manha. Ela e os outros terao de passar a noite na imigraçao, num dormintório sujo, c tudo apagado e ficar ali se sentido humilhada, tratada como se fosse uma criminosa.

Sem mais e muito p. da vida me despesso pedindo p q vcs rezem p acalmar o coraçao dela q esta aflito e com medo e q amanha ela consiga sair de la!

Bjos

Elaine disse...

Cyn, estou com voce e nao abro, entendo perfeitamente. Tb quero q meu irmao venha me ver, mas acho muito dificil darem o visto p ele um dia, pelo fato de trabalhar com meus pais, nao fazer faculdade, e ainda por cima, tem 21 anos. Mas ele ainda nao tentou, quem sabe quando eu resolver fazer uma cerimonia de casamento, q ainda me falta.
Mas voltando ao assunto dos ilegais que tem filhos aqui e nao pagam taxa, tem uma novidade.
Agora estao tentando colocar uma lei em vigor sobre isso. Ouvi na tv que estao querendo acabar com essa lei de que quem nasce no pais eh cidadao americano, pois exatamente como vc falou, as criancas crescem e trazem a familia toda p morar aqui...usam seguro do governo, food stamp e tudo o mais as custas daqueles que como nos, pagam impostos todo ano.
A crianca que nascer aqui filhas de pais estrangeiros soh serah considerada cidada americana se conseguirem comprovar que os pais estavam vivendo no pais legalmente. Soh que ainda nao esta em vigor, estao torcendo, e parece q vao comecar aqui pelo Arizona.
Vamos ver neh.
Beijinhos e fala p seu irmao na desistir nao. Tentar de novo daqui uns meses. Beijos

Elaine disse...

nossa, soh agora lendo de novo, escrevi tudo errado, plural com singular... aff, meu portugues ta indo para as cucuias... hehe.

Flavia Mariano disse...

Cyn vi q teve gente q se doeu com seu post anterior, mas eu concordo com vc. Quem está causando essa impressão não só
nos EUA, mas no mundo todo, são os próprios brasileiros. Vi o post da Elaine q falou da irmã q está presa na Espanha, na imigração. Viajo o mundo todo e não tenho problemas e se tiver, sinceramente, vou entender (claro q tem limites). Sei q é um porre e a gente fica p morrer com visto negado. Uma única vez tive o meu negado p USA, assim q terminei a faculdade, foi horrível!!! Mas depois qdo vemos em todo canto pessoas q estão nos EUA ou na Europa com oportunidade de estudar, trabalhar, se adaptar ao local, vemos pessoas querendo levar a malandragem dos latinos p povos q sabem a importância da educação, respeito ao próximo e etc. Temos q nos colocar no lugar dos americanos e Europeus, faríamos o mesmo se o precesso fosse ao contrário. É p evitar q vc pague impostos pelos outros q barram pessoas como seu irmão e eu logo q sai da faculdade. Não ia ficar nos EUA estava indo p o Canadá, mas mesmo assim não me deram. É assim mesmo, por causa de uns pagam todos. Sei q existem ilgeais e ilegais, mas fala p um deles: ok, vc vai ficar legal, mas vai ter q pagar 20, 30 000 em impostos, vê se querem!! É isso, falei demais, mas pq concordo com vc e não aguento mais ouvir brasileiros chorando pitangas querendo q os países os acolham pq são pobre coitados, o q não são. Ai barram pessoas jhonestas q só querem passear como seu irmão e a irmã da Elaine e eu.

Beijocas querida

Janice disse...

Oi Cyn!
Nossa... gostei da polemica!!! Por mais que eu entenda a dor e os comentarios da "Anonima", sei que muitos ja foram para a fogueira pelo ato de terem suas palavras tiradas de contexto. Palavras as vezes expressam mais do que realmente significam para algumas pessoas. Mas a liberdade de usar palavras e opinioes nao pode sucumbir a possibilidade da critica. Cada um que resolva sua leitura de 'entrelinhas'.
Mas... eh interressante nos vermos defendendo ou divagando sobre um pais alheio e jogando a toalha para o nosso berco patrio. Tambem o faco... os Romanos e os barbaros(responsaveis por sua queda)tambem o fizeram. O animal tao racional bem no fim acaba repetindo o circulo de nascimento apogeu e queda.
Beijos Cyn,
Ps: NAO FUI EU... ATE PORQUE TENHO CONFIDENCIA IDEOLOGICA PARA ME IDENTIFICAR

Anônimo disse...

Muito facil pra vc julgar ne querida? Afinal vc se casou com um americano... que coincidencia favoravel nao? Outra coisa de onde vc tirou esta ideia de que quando os pais tem um filho aqui eles saem beneficiados? isso e mentira, a crianca e americana e nao tem nada que ninguem possa fazer ao respeito mas os pais nao tem nenhum beneficio com isso muito pelo contrario todos os dias saem nas noticias que muitos deles sao deportados por nao terem "papeis".
E isso que vc falou a respeito das pessoas virem para ca atravez desse prgrama de au pair, querida cai na realidade, isso nao aplica pra todo mundo, tem uma idade maxima para participar do programa, tem que falar ingles etc... e esta nao e a realidade dos imigrantes ilegais que vem pra ca, que em sua grande maioria sao pessoas simples que chegam aqui cheias de sonhos e garras para trabalhar pra ajudar suas familias la no Brasil, mas infelizmente quando elas chegam aqui se deparam com pessoas preconceituosas e mal informadas como vc,simplesmente lamentavel.

stupid people make me mad!!! disse...

All the "good" that you "wish" to illegal aliens, I hope GOD gives it to all of you DOUBLE!!! I am so happy your brother did not get a visa and that you are sad about it!!! Stop eating before you get uglier and fatter and your husband gets another woman!!! Why didn't you or the other brazilian women that agree with you marry a brazilian man??? If you hadn't married american men, none of you would be here right now!!!

Anônimo disse...

Dude, go get a life, coments like yours just prove how immature and insignificant you are!! Leave Cyn alone, and she is right about everything she wrote here!!!
Dont you get it? Its not about if you are ilegal or not, its about your ATTITUDE when you are here in USA, but i guess cowards like you, probally always hide their face and like to cause drama and for sure doesnt pay taxes and got offended by the true!!!

Anna disse...

Ótimo post Cyn! Assino em baixo com tudo o que voce disse.Beijos.

Lucia Cintra Stevenson disse...

Infelizmente existem essas pessoas que so querem tirar proveito e nao sao so Brasileiros. Isso nunca vai deixar de existir, mas se nada e' feito a respeito, esse pais tb vai acabar so tendo lixo em certos lugares. Concordo com voce, mas tb cada caso e' um caso.

Eu fui uma que com 17 anos, nao queria sair do Brasil de jeito nenhum. Meu pai foi transferido a trabalho pra ca e tive sorte da minha familia toda ter se mudado tb. Quando v/ tem somente 17 anos (pelo menos eu), nao consegue enxergar a tamanha oportunidade que isso era, mas hoje eu agradeco. Nos mudamos legalmente, trabalhamos, pagamos nossas taxas e foi so depois que eu consegui minha cidadania americana (junto com minha familia) que casei com meu marido.

Uma outra pessoa comentou aqui que casar com um homem americano e' conveniente, mas perai... aqui nao e' os USA? Os homens nao sao americanos? Eu ate hoje (em meus 15 anos morando aqui) nao conheci nenhum homem brasileiro da minha idade. Mas raca de lado, eu nao olho pra isso, me interesso pela pessoa, nao importa a sua nacionalidade.

Cada um vai ter sua opiniao devido ao assunto. Cada um tem uma vida e oportunidades diferentes. E' frustrante sim ter que pagar taxas pra certas pessoas que so querem se aproveitar, pois eu e meu marido trabalhamos duro pra ter o que temos.

Alias, conhecemos uma vez um AMERICANO que esta tirando proveito do proprio governo. Ele trabalha pro seu pai e entao e' pago "debaixo da mesa", sem ter que declarar/pagar taxas. Vive num lugar onde seu aluguel e' ridiculamente barato (assistencia do governo) e sua esposa (tb AMERICANA) e filho recebem auxilio tb... conclusao, auxilio pra alimentacao e atendimento medico de graca, ou melhor, que A GENTE, paga. E ele sabe muito bem o que esta fazendo e nao tem um pingo de vergonha na cara.

Como disse, esse tipo de gente que nao presta, esse tipo de lixo, existe em qq nacionalidade. Infelizmente prejudica de qq maneira os outros querendo levar uma vida honesta e tb os querendo visitar o pais, como seu irmao. Mas tenho certeza de que logo, logo, ele vai conseguir um visto sim. Bjos

Vanessa disse...

"a criança nascida aqui é considerada cidadã "
Ela nao e considerada cidada... ELA E CIDADA AMERICANA!!!! Assim como sua filha...
Pra mim seu comentario foi egoista burro e cheio de preconceito...

Sueli disse...

Olá Cyn... cheguei no meio da polêmica! Moro no estado de NY e concordo quando você fala na obrigação dos imigrantes, legais ou não, de pagar os impostos.... são as dores e as delícias de viver o "american dream"! Quantos aos comentários que recebeu... bom, ninguém é obrigado a concordar com ninguém, e é mais que natural defender seu ponto de vista.. desde que de forma educada e civilizada... Aproveito para falar que acabo de linkar seu blog no Blog do Desabafo, um espaço voltado para mães e pais trocarem idéias e falar sobre cultura infantil! um grande abraço, Sueli

Anônimo disse...

Assunto complicado: infelizmente gente sem carater e que só pensa em seu próprio lucro tem em todos os lugares. É muito triste quando todos os brasileiros são colocados no mesmo saco de gatos. Mas as pessoas não formam o seu caráter de acordo com o país em que vivem; se fosse assim certamente o primeiro mundo só teria gente de primeiro mundo e não é o que acontece.
Eu acho muito engraçado as pessoas ficarem indignadas porque alguem é contra os ilegais.Mas se eles estão à margem da lei eles devem ser compreendidos? Eles devem ser aceitos??? Eles eram pobres no Brasil??? Eu tambem fui. E corri atras do prejuizo;e estou tentando fazer as coisas dentro da lei. Também quero ir embora daqui (Brasil) mas sem atrapalhar a vida de ninguem, sem viver à margem da sociedade, com meu esforço, com meu trabalho, sendo um exemplo de bom brasileiro.
É muito facil viver no primeiro mundo, guardar dinheiro e não fazer nada em beneficio do país que tanto nos está ajudando. Por isso sou a favor de endurecerem as leis contra os ilegais. Quem sabe assim, casos como o da irma da eliane diminuam. E que os ilegais voltem todos para o pais do jeitinho, onde é o lugar deles.

Lucia

like Bridget Jones... disse...

Nossaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...

bom, primeiro OI Cynthia!
8-)

Sim, o filme é uma gracinha, cheio de emocao...8-) Impossísvel uma mulher nao gostar...
8-)

Li o seu post anterior, puxa, vida, seu pai teve o visto, sua mae teve o visto, nao entendo porque seu irmao nao!!!
Nao dá prá recorrer de algum jeito ???
Afinal é família visitando família...
Puxa, que triste, Cyn...
MAs nao vai faltar oportunidade, nao é mesmo ???

Espero que vc tenha BOAS FESTAS , um bonito e FELIZ Natal, eum excelente 2008 !

beijao

Angela

like Bridget Jones... disse...

Cynthia

E se o seu pai+ a sua mae e o seu irmao se apresentarem no consulado e conversarem com o Consul sobre esse visto negado ?
De repente, uma conversa esclarece um equívoco, nao?

beijao

angel

Anônimo disse...

First of all, people don't get offended by the TRUE (DUDE), they get offended by the TRUTH, and the correct spelling is ILLEGAL and not ILEGAL. I think it is ironic for some foreigners to judge other foreigners. None of you were born here, be happy that you are here and don't worry about the others. It is the government that decides what to do with the taxes EVERYBODY pays. Every person pays sales taxes, including illegal aliens. When you start judging others, you open the door for others to judge YOU!!! If you don't like the heat, stay away from the fire!!!

Anônimo disse...

TO THE MEAN ANONIMO!!
SORRY ABOUT THE WORDS BUT I HAVE TO DO IT!!
GO FUCK YOURSELF!!

spmmm disse...

Cynthia: I am sorry about writing that you should stop eating before you get fatter and uglier, and your husband leaves you for another woman, it was not necessary, I APOLOGIZE!!! Your comments full of prejudice against illegal aliens made me mad. You are entitled to your opinion and it is none of my business what you think!!!

Nina disse...

Por isso a mentira é tão banal nos dias de hoje, as pessoas se ofendem com a verdade tão facilmente, que sequer conseguem debater, partem logo pra ofensas e baixarias. Isso só prova que eles não têm argumentos. Que tudo o que você falou é tão verdade que doeu neles. Alguém apontou alguns dos piores defeitos deles.

Desculpa o egoísmo, mas ainda bem que eles estão indo embora. O Brasil está realmente com excesso de canalhices. É bom exportar algumas.

Bjs, Cyn.

Anônimo disse...

Bem... primameiramente devemos respeitar a opniao alheia.. seja ela qual for... se nao concorda ou gosta da opniao de fulano, ouca e fique calado... soh perca tempo em discutir opnioes alheias se a pessoa pela qual tem opinao diferente a sua seja alguem q vc se importe (um amigo, familia etc)... ai sim... perca seu tempo pra fazer aquela pessoa abrir os olhos pra outros pontos de vistas ou ate mesmo mudar de opniao, se necessario, pois mostra q vc se importa!!! Agora, se se trata de alguem q vc nao conhece (soh le o blog, como muitos aqui) ou nao gosta, ou tem inveja (como muitos aqui - e soh estava esperando uma brecha pra apedrejar) ou nao tem o menor interesse e soh vem aqui porque eh curioso... entao se acha no direito de julgar e insultar a pessoa q expressou sua opniao soh pelo prazer de argumentar/irritar??? Faca me o favor!!! Get a life!!! LIBERDADE DE EXPRESSAO PESSOAL... eh sua por direito, expresse o tanto q quiser.. eh um direito seu e ninguem te tira... se nao gostar... vah ler o blog de someone else... nao perca seu tempo aqui com picuinhas, irritando e insultando a autora... se ela eh preconceituosa ou nao QUEM EH VC PRA JULGAR??? Se a carapuca serviu... azar... EU CONCORDO COM O QUE ELA ESCREVEU... mas mesmo se eu nao concordasse... nao me extressaria como alguns aqui... simplesmente RESPEITARIA A OPNIAO DELA... ou se me incomodasse muito, deixaria de ler o blog dela e move on... PREOCUPE-SE COM A SUA PROPRIA VIDA!!! OPNIOES NAO MUDAM NADA, AS PESSOAS VAO CONTINUAR TIRANDO VANTAGEM DE TUDO Q PUDEREM GET AWAY WITH!!! ENTAO Get a life!!!! Essa discussao nao vai levar ninguem a nada... eh o mesmo q DISCUTIR RELIGIAO E FUTEBOL .... NOT WORTH IT!!! DEIXE A CINTHIA EM PAZ!!! ELA EH LIVRE PRA EXPRESSAR O QUE QUISER E QUANDO QUIZER!!!

P.S. Adorei a resposta a um comentario de alguem aqui... ela comentou que casar com um homem americano e' conveniente.... mas perai... aqui nao e' os USA? Os homens nao sao americanos? hahaha.... adorei!!! quem comentou q casar com homem americano eh conveniente ou eh (mulher)invejosa pq nao foi capaz de conhecer um homem americano q se interessase por ela... ou eh (homem) depeitado porque as mulheres brasileiras q estao em USA nao tem interesse em homems brasileiros... hahaha...

Anônimo disse...

DESCORDE COM CLASSE!!!
OFENSAS NAO LEVA A NADA!!!

Laura disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Laura disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Laura disse...

Desculpa, fui eu que apaguei os dois comentarios acima, porque eu cometi um erro.

Cyn, modera esses comentarios e manda esse pessoal ir cantar em outra freguesia. Voce falou a verdade e parece que a carapuca serviu pra muita gente. E insultar e fazer drama anonimamente eh o unico meio de argumento desse pessoal!

Anônimo disse...

Genteeeee...
Esse comment long q esta 5 acima desse aqui, eu esqueci de assinar... aff... entao liguei pra Cinthia pra dizer q fui eu... mas nunca eh tarde pra assinar...hehehe...

Meire

Amara Ribeiro disse...

Olá Cyntia...
Meu nome é Amara e eu sou amiga da Lúcia Stevenson...Somos amigas de infância...Sempre dou uma lida no seu blog porque tenho uma filha de 5 anos e me identifico bastante com fases que vc está vivendo com sua linda filha e na verdade nunca comentei nada por ficar sem graça.
Hj, acabei lendo seu posting sobre imigração e não pude deixar de comentar minha indignaçõ com essas pessoas acéfalas que não sabem sequer o que é um ponto de vista.
Sobre o que vc falou, concordo plenamente com vc!!! Na verdade, eu sou super a favor da imigração, até pq tenho um sonho desde cedo à ir morar em Londres ou nos USA mas como vc disse, não quero ficar ilegal. Sobre o fato de ter filhos pra se tornar cidadão americano, vou te falar que até já pensei nisso pois conseguir visto para viver aí é muito difícil. Mas não sei se tenho coragem justamente por não saber viver ilegalmente. Entretanto, jamais ficaria sem pagar minhas taxas. Infelizmente, sei que sou 1 em 1 milhão! Acho que as pessoas deveriam ter noção de que mudar para um novo país é tb imigrar para uma nova cultura e que para qq lugar que ela vá, terá deveres e obrigações para tb terem direitos. Tudo é uma troca! Aqui no Brasil, a coisa fica cada vez mais difícil por causa disso. As pessoas não querem ter conquistas, querem levar vantagens em cima de outras pessoas. Aqui, uma das coisas que mais acontece e relação à isso é o furto de energia elétrica da fornecedora. As pessoas fazem os tais "gatos" nos medidores de energia para não pagar a conta de energia elétrica. tem cabimento? Usa e abusa e depois paga uma conta ainda mais baixa pq o governo dá desconto para quem usa menos de 100 watts por mês. Isso eu não entendo! Infelizmente, aqui a corrupção e a malandragem vem de todos os lados e isso me causa muito pesar...
De qq forma, obrigada pelo espaço. Se quiser, sinta-se à vontade em ler o meu blog. Até gostaria de sempre trocar idéias contigo...
Abços

Amara Ribeiro

Sarah (Atibaia - Brazil) disse...

CY, o Blogg é SEU, a opinião É SUA, o ponto de vista É SEU e quem lê seu blogg lê pq quer. Mas vc sabe né aquelas pessoas que MOORREM de inveja da gente e são LOUCAS pra conseguir uma encrenquinha. Já que elas se sentem TÃO INCOMODADAS com esse assunto de imigrantes ilegais, pq não vão logo ajudar eles em vez de ficar na internet? Ou pq não vão montar um grupo de ajuda pra eles? Se é ilegal, é ilegal caramba, é fora da lei, se é fora da lei é pq não é certo. Então por mais que dê dó ou não não interessa, estão errados e pronto. E Cy, acho que você não tem que ficar se explicando. No SEU BLOGG é você quem manda e é a sua OPINIÃO que conta. Quem não gostar que caia fora (o que serão poucas pessoas pq a gente A.M.A.), okay?! Pode falar sobre tudo que você quiser pq a gente RESPEITA e gosta de saber sobre diversas opiniões sobre um assunto até um ponto onde consigamos respeitar os limites. Mas qdo chegam essas pessoas que não sabe discutir um assunto, já saem falando logo o que leram no jornalzinho da esquina e acham que tem sua opinião formada já, aí é complicado né!! Aff
Mas deixa pra lá.
Poxa Cy, você foi viajar e eu aqui, esperando uma resposta pro seu e-mail! Você esqueceu de mim?! :( Magoei!
Qdo você puder responde ele tá bom? Tô aqui esperando mto anciosa e estou MUITO feliz pelos seus pais!!! Mas seu irmão vai conseguir tbm. Se não conseguir, você TEM que vir pra cá, viu!!!
Muitos Beijos e Abraços pra você e pra Bequinha!!!
Bjinhooos